domingo, 16 de novembro de 2008

Mídia Social

Matéria direcionada a nós blogueiros!!!

Retirado do site da WEBSINSIDER por Rafael Kiso.

É importante, antes de seguir em frente, definir o termo “mídia social”. Do Wikipedia, em tradução livre, “mídia social descreve as tecnologias e práticas online, usada por pessoas para compartilhar opiniões, idéias, experiências e perspectivas. Pode tomar diversas formas, incluindo textos, imagens, áudio, e vídeo. São sites que tipicamente usam tecnologias como blogs, quadro de mensagens, podcasts, wikis e vlogs para permitir a interação entre usuários.”

E disseminarem conteúdo, eu completaria.

A chave aqui é que as pessoas são as que usam e controlam essas ferramentas e plataformas, em vez de empresas e grandes marcas. Além disso, é importante deixar claro que essa plataforma de mídia social só funciona em ambientes de rede.

O motivo pelo qual é preciso destacar isso é que o aspecto de rede é primariamente uma força democrática de baixo custo. Qualquer um pode entrar na conversa com um pequeno investimento de seu tempo pessoal e acesso à rede.

E a partir da premissa de que a comunicação é essencialmente livre sobre a web, combinado a uma arquitetura de participação gerida pelo efeito de rede, certamente torna as plataformas de mídias sociais a mais poderosa forma de mídia até hoje criada.

Hoje em dia, todos estão postando algo em um simples blog, mas que automaticamente alcançam mais de um bilhão de usuários na web. E com o RSS, o conteúdo de mídia social é espalhado através de feeds e pode ser encontrado por qualquer um que esteja procurando informações pelo Technorati, Google Blog Search, TechMeme ou dezenas de outros mecanismos inovadores.

Comunicação na forma de conversação, não monólogo
– A mídia social precisa facilitar a discussão bidirecional e debater com pouca ou nenhuma moderação ou censura. Em outras palavras, os comentários em blogs ou testemunhos em sites de comércio eletrônico não devem ser controlados no aspecto positivo ou negativo, mas sim somente no aspecto pejorativo.

Os protagonistas são pessoas, não empresas, não marcas
– O perfil do consumidor mudou e hoje ele controla a interação com as marcas. Portanto, para que a marca tenha credibilidade no mercado, as pessoas têm que falar positivamente dela para outras pessoas, e não a marca para as pessoas. Lembre-se a comunicação nunca deve ser unidirecional.

Honestidade e transparência são os principais valores – Tentar controlar, manipular ou mesmo empurrar conteúdo é o pecado mortal da nova geração da web. As marcas precisam ser transparentes para que as pessoas se disponham a consumir seu conteúdo. É deixar as pessoas escolherem e criarem seu conteúdo e relacionamentos, ao invés de ser forçado a isso. Entender esse conceito é uma das principais técnicas da mídia social.

Distribuição em vez de centralização – Um dos aspectos frequentemente negligenciado é o fato dos interlocutores serem muitos e variados. É quase que inevitável o poder de poucas organizações terem o controle da criação e distribuição da informação. A mídia social é altamente distribuída e constituída de dezenas de milhares de vozes tornando a informação muito mais textualizada, rica e heterogênica.

A ascensão das plataformas de mídias sociais, dentro dos negócios, irá colocar um desafio significante nas empresas enquanto elas tentam se adaptar às considerações citadas acima.

Não segui-las tende a reduzir as chances de sucesso dentro da nova geração da internet.

sábado, 8 de novembro de 2008

Movimento Punk – Os índios metropolitanos


O movimento punk surgiu a partir do punk-rock, internacionalmente, a maioria dos grupos foram criados na Inglaterra. Nessa mesma época as pessoas estavam indo as ruas exigindo paz e amor, enquanto os punks surgiam gritando o caos. Mas não o caos de forma negativa, agressiva, como a maioria das pessoas enxerga o punk, e sim como uma resposta à crise econômica, criticavam o governo, a educação, os políticos, os impostos, a pobreza, o desemprego, a falta de perspectiva e outros problemas. Não implicando necessariamente uma revolta.
As suas formas de protestar eram através do visual preto com adereços, da música, do uso que fazem da palavra que só podem ser compreendidos diante de outros movimentos que eles fazem, do comportamento (podendo incluir ou não princípios éticos e políticos definidos), expressões linguísticas, símbolos e outros códigos de comunicação.
Em diversos países, incluindo o Brasil, a roupa é na maioria das vezes o elemento que desencadeia as brigas de rua entre gangues, membros de grupos divergentes do movimento punk e outros movimentos que repudiam o punk. Este desentendimento pode culminar no desprezo, ridicularização ou nos casos dos grupos violentos, na coerção, furto de peças e agressão.

Suas trajetórias ao longo dos becos da Lapa, pelo ônibus dos subúrbios, e sobre as linhas dos trens, os punks passavam num risco impressionista. Bastante inquietos, a forma como explodiam os encontros era agressiva, mesmo que não houvesse brigas, via-se como um grupo de jovens rudes que ficam varando a cidade até tarde, bebendo, fumando sem pensar nas conseqüências. Os “points” onde se encontram correm revistas nacionais e estrangeiras sobre punks e som em geral, xérox de capas de discos, discos, fitas, discute-se em torno de tudo isso. Esse abuso e excesso para suas idades e classes os taxam de delinqüentes.

O antropólogo diante da sua pesquisa sobre o movimento punk não poderia pegar um punk fotografá-lo, nomear suas dificuldades, expectativas em casa, comportamento no trabalho, estuda-lo e descrever como um personagem, ele tinha que conviver com eles mas sem fazer o papel de “observador”, que isso é rejeitado por qualquer “bando”. Tinha-se que estudar um grupo a partir de sua vivência com eles, e só assim haveria conhecimento. E na medida que ia conhecendo e convivendo com os punks do rio de janeiro, ficando ao seu lado nas festas no momento de dança, das conversas, das despedidas, vendo-os falar de música, vendo-os explodir em som no palco, estando com eles nos points ou nas ruas ou simplesmente conversando, não acreditava que aquilo tudo era apenas uma resposta a outra coisa, que era a “crise” que gerava os protestos, as músicas e toda aquela forma exuberante de ser.
O punk é muito mais que visual. Ele é real.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

As 10 empresas mais admiradas no Brasil

A revista CartaCapital em parceria com o Instituto TNS InterScience, realizou de junho a agosto de 2008 uma pesquisaem todo o país a qual entrevistou 1.124 pessoas, entre presidentes, vice-presidentes, superintendentes e diretores das empresas mais importantes em cada segmento de atuação e identificou as 10 corporações mais admiradas em 2008. O resultado só saiu em 20 de outubro.
Veja os vencedores:

As 10 empresas mais admiradas no Brasil

1. Vale
2. Natura
3. Petrobras
4. Gerdau
5. Nestlé
6. Google
7. Embraer
8. Apple
9. Banco Real
10. Votorantim

Vencedoras em fatores-chave

Ética: Natura
Respeito pelo Consumidor: Nestlé
Qualidade de Produtos e Serviços: Nestlé
Compromisso com RH: Natura
Qualidade de Gestão: Vale
Responsabilidade Social: Natura
Notoriedade: Coca-Cola
Inovação: Apple Brasil
Solidez Financeira: BR/Petrobras
Compromisso com o País: BR/Petrobras
Capacidade de Competir Globalmente: Vale
A Mais Comprometida com o Desenvolvimento Sustentável: Natura

Vencedoras em segmentos de atuação

Agronegócios: Coamo
Alimentos: Nestlé
Artigos Esportivos: Adidas
Auditoria: PriceWaterhouseCoopers
Autopeças: Bosch
Bancos de Varejo: Itaú
Bebidas Alcoólicas: Ambev
Bebidas Não Alcoólicas: Coca-Cola
Calçados: Grendene
Cartões de Crédito: Bradesco
Companhias Aéreas: Lufthansa
Construtoras & Incorporadoras: Cyrela
Construção Pesada: Odebrecht
Consultoria: Accenture
Distribuidores de Combustíveis ou Derivados de Petróleo: BR Distribuidora
Eletrodomésticos: Whirlpool (Multibrás)
Eletroeletrônicos: Phillips
Equipamentos de Telecomunicações: Nokia
Fabricantes de Material de Construção: Votorantim
Farmacêutico: Novartis Biociências
Fast-Food: McDonald's
Fiação e Tecelagem: Santista Têxtil
Fornecedores de Energia: CPFL
Hardware: IBM
Higiene & Limpeza Doméstica: Unilever
Higiene, Perfumaria & Cosméticos: Natura
Metalurgia & Siderurgia: Gerdau
Mineração: Vale
Montadoras & Importadora de Autos: Toyota
Montadora & Importadora de Caminhões: Volvo
Operadora de Telefonia Fixa: GVT
Operadora de Telefonia Móvel: OI
Papel & Celulose: Votorantim Celulose e Papel (VCP)
Petroquímica: Braskem
Previdência Privada: Brasilprev
Provedores de Internet: Terra
Química: Basf
Rede de Hotéis: Accor
Seguradoras: Bradesco Seguros
Software: IBM
Varejo Eletroeletrônicos: Magazine Luiza
Varejo Material de Construção: Construmega / TelhaNorte
Varejo Supermercados: Carrefour
Varejo Têxtil: Lojas Renner
Vestuário & Confecção: Hering

A Vale foi eleita a emrpesa mais admirada no Brasil.

fonte: portal propaganda
Vou postar algumas imagens e propagandas muito legais que encontrei através de pesquisas, se alguém souber das agências coloca nos comentários por favor...



Essa da Hortifruti não vi em Outdoor (como a maioria de suas propagandas são) Talvez tenha sido impresso para revistas ou jornais!!! Muito maneiro né?!


Essa imagem circula muito na internet... HAHAHA... da Lancôme Paris








Não sei se é verdadeiro... mas muito criativo, e se for deve ter custado uma nota também todos esses Outdoors... Anhembi Morumbi.



Esse é da ABRACOMP... fazendo uma comparação entre a embalagem e a roupa de uma pessoa e o interior do produto e o caráter dessa pessoa, e no final tem escrito assim ..."considere uma pessoa pelo que ela é, e não pelo que aparenta ser."
Muito legal todo esse trocadilho. Clicando na imagem dá pra ler o anúncio todo.

Se lembram quando eu postei a uns meses atrás sobre o busdoor reflexivo da Bob's que estava circulando no RJ?
Encontrei essa da Mc'donalds em ponto de ônibus, bem diferente (não sei daonde é, pois não constava o lugar)... durante o dia só aparece metade do Mc, e a noite que pode-se ver todo o slogan, pois reflete com o vidro fumê! =)
Pelo visto eles tão apelando mesmo para as pessoas que ficam desanimadas esperando o ônibus... abrindo o apetite e lembrando daquele cheiro tãoooooooooooooooooooo maravilhoso!! HAHAHAHAHAHAHHA

A IMPORTÂNCIA DO NÃO

Esse foi um e-mail que eu recebi, fiquei muito interessada em saber quem havia escrito, mas nesse passa repassa de e-mail o que me mandaram foi "autor anônimo"... enfim, é sobre o caso do Lindenberg, da eloá e nayara que vivenciamos esse mês...

O que pode criar um monstro? O que leva um rapaz de 22 anos a estragar a
própria vida e a vida de outras duas jovens por… Nada?

Será que é índole? Talvez, a mídia? A influência da televisão? A situação
social da violência? Traumas? Raiva contida? Deficiência social ou mental?
Permissividade da sociedade? O que faz alguém achar que pode comprar armas
de fogo, entrar na casa de uma família, fazer reféns, assustar e desalojar
vizinhos, ocupar a polícia por mais de 100 horas e atirar em duas pessoas
inocentes?

O rapaz deu a resposta: 'ela não quis falar comigo'. A garota disse Não, não
quero mais falar com você. E o garoto, dizendo que ama, não aceitou um não.
Seu desejo era mais importante.

Não quero ser comparado como um desses psicólogos de araque que infestam os programas
vespertinos de televisão, que explicam tudo de maneira muito simplista e
fala descontextualizadamente sobre a vida dos outros sem serem chamados.
Mas ontem, enquanto não conseguia dormir pensando nesse absurdo todo, pensei
que o não da menina Eloá foi o único. Faltaram muitos outros nãos nessa
história toda.

Faltou um pai e uma mãe dizerem que a filha de 12 anos NÃO podia namorar um
rapaz de 19. Faltou uma outra mãe dizer que NÃO iria sucumbir ao medo e ir
lá tirar o filho do tal apartamento a puxões de orelha. Faltou outros pais
dizerem que NÃO iriam atender ao pedido de um policial maluco de deixar a
filha voltar para o cativeiro de onde, com sorte, já tinha escapado com
vida. Faltou à polícia dizer NÃO ao próprio planejamento errôneo de mandar a
garota de volta pra lá. Faltou o governo dizer NÃO ao sensacionalismo da
imprensa em torno do caso, que permitiu que o tal sequestrador conversasse e
chorasse compulsivamente em todos os programas de TV que o procuraram.
Simples assim. NÃO. Pelo jeito, a única que disse não nessa história foi
punida com uma bala na cabeça.

O mundo está carente de nãos. Vejo que cada vez mais os pais e professores
morrem de medo de dizer não às crianças. Mulheres ainda têm medo de dizer
não aos maridos (e alguns maridos, temem dizer não às esposas). Pessoas
têm medo de dizer não aos amigos. Noras que não conseguem dizer não às
sogras, chefes que não dizem não aos subordinados, gente que não consegue
dizer não aos próprios desejos. E assim são criados alguns monstros. Talvez
alguns não cheguem a sequestrar pessoas. Mas têm pequenos surtos quando
escutam um não, seja do guarda de trânsito, do chefe, do professor, da
namorada, do gerente do banco. Essas pessoas acabam crendo que abusar é
normal. E é legal.

Os pais dizem, 'não posso traumatizar meu filho'. E não é raro eu ver alguns
tomando tapas de bebês com 1 ou 2 anos. Outros gastam o que não têm em
brinquedos todos os dias e festas de aniversário faraônicas para suas crias.
Sem falar nos adolescentes. Hoje em dia, é difícil ouvir alguém dizer não,
você não pode bater no seu amiguinho. Não, você não vai assistir a uma
novela feita para adultos. Não, você não vai fumar maconha enquanto for
contra a lei. Não, você não vai passar a madrugada na rua. Não, você não vai
dirigir sem carteira de habilitação. Não, você não vai beber uma cervejinha
enquanto não fizer 18 anos. Não, essas pessoas não são companhias pra você.
Não
, hoje você não vai ganhar brinquedo ou comer salgadinho e chocolate.
Não
, aqui não é lugar para você ficar. Não, você não vai faltar na escola
sem estar doente. Não, essa conversa não é pra você se meter. Não, com isto
você não vai brincar. Não, hoje você está de castigo e não vai brincar no
parque.

Crianças e adolescentes que crescem sem ouvir bons, justos e firmes NÃOS
crescem sem saber que o mundo não é só deles. E aí, no primeiro não que a
vida dá ( e a vida dá muitos ) surtam. Usam drogas. Compram armas. Transam
sem camisinha. Batem em professores. Furam o pneu do carro do chefe. Chutam
mendigos e prostitutas na rua. E daí por diante.

Não estou defendendo a volta da educação rígida e sem diálogo, pelo
contrário. Acredito piamente que crianças e adolescentes tratados com um
amor real, sem culpa, tranquilo e livre, conseguem perfeitamente entender
uma sanção do pai ou da mãe, um tapa, um castigo, um não. Intuem que o amor
dos adultos pelas crianças não é só prazer - é também responsabilidade. E
quem ouve uns nãos de vez em quando também aprende a dizê-los quando é
preciso. Acaba aprendendo que é importante dizer não a algumas pessoas que
tentam abusar de nós de diversas maneiras, com respeito e firmeza, mesmo que
sejam pessoas que nos amem. O não protege, ensina e prepara.

Por mais que seja difícil, eu tento dizer não aos seres humanos que cruzam o
meu caminho quando acredito que é hora - e tento respeitar também os nãos
que recebo. Nem sempre consigo, mas tento. Acredito que é aí que está a
verdadeira prova de amor. E é também aí que está a solução para a violência
cada vez mais desmedida e absurda dos nossos dias.
(Autor anônimo)

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Premiadas




ANUNCIANTE: PETROBRAS DISTRIBUIDORA
PRODUTO: PATROCÍNIO
TÍTULO: HOJE/ MILHÕES DE PESSOAS ACORDARAM ACHANDO...
DIRETOR DE CRIAÇÃO: CHIQUINHO LUCCHINI / EDUARDO ALMEIDA
DIRETOR DE ARTE: RODRIGO RIBEIRO
REDATOR: MARCOS BASSINI
PRODUTOR GRÁFICO: LUIZ EDUARDO CARNEIRO
FOTO: ADERI COSTA
APROVADO POR: MÔNICA VICENCIO
AGÊNCIA: QUÊ COMUNICAÇÃO

o que está escrito embaixo:
"Hoje milhões de pessoas acordaram achando o Rio ainda mais bonito.
A Petrobrás tem o maior orgulho de ver os produtos Lubrax, cartão Petrobrás, e Podium na camisa rubro - negra .Ou melhor na camisa do campeão carioca de 2007."



ANUNCIANTE: IBAMA
PRODUTO: MEIO AMBIENTE
TÍTULO: COMA/ BEBA ÁGUA, AGORA COMA DE NOVO...
DIRETOR DE CRIAÇÃO: CHIQUINHO LUCCHINI / EDUARDO ALMEIDA
DIRETOR DE ARTE: DURVAL FILHO
REDATOR: EDUARDO ALMEIDA
PRODUTOR GRÁFICO: LUIZ EDUARDO CARNEIRO
APROVADO POR: ROGÉRIO ROCCO
AGÊNCIA: QUÊ COMUNICAÇÃO

embaixo dela está escrito :
"Imagina a vida inteira fazendo isso.
É assim que um pássaro leva a vida em uma gaiola."

domingo, 21 de setembro de 2008

O que a rede Globo não divulga

Recebi um email falando que existe uma biblioteca digital desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos.

Um lugar onde pode GRATUITAMENTE:

· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
· escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
· Ler obras de Machado de Assis Ou a Divina Comédia;
· ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA


Esse lugar existe!

O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site:



www.dominiopublico.gov.br

Só de literatura portuguesa são 732 obras!

Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.

É MELHOR FAZER PROPAGANDA DOS BBBs E DAS NOVELAS, POIS, O POVO ASSISTE E FICA BURRO, E ASSIM É MAIS FÁCIL DE SER ENGANADO!

sábado, 20 de setembro de 2008

Lembranças inesquecíveis =)

Conversando com amigos, e relembrando velhas propagandas e desenhos da nossa época (tá não sou tão velha, tenho só 20 anos, mas do jeito que as coisas estão o que é novidade jájá é considerado ultrapassado), enfim... fui procurar no youtube... e achei vários vídeos antigos, e encontrei esse muito legal, relembrando totalmente a minha infância... muito bom!!


video

Escher

Mauritus Cornelis Escher, nasceu em Leeuwarden na Holanda em 1898, faleceu em 1970 e dedicou toda a sua vida às artes gráficas. Na sua juventude não foi um aluno brilhante, nem sequer manifestava grande interesse pelos estudos, mas os seus pais conseguiram convencê-lo a ingressar na Escola de Belas Artes de Haarlem para estudar arquitectura. Foi lá que conheceu o seu mestre, um professor de Artes Gráficas judeu de origem portuguesa, chamado Jesserum de Mesquita.

Com o professor Mesquita, Escher aprendeu muito, conheceu as técnicas de desenho e deixou-se fascinar pela arte da gravura. Este fascínio foi tão forte que levou Mauritus a abandonar a Arquitectura e a seguir as Artes Gráficas. Quando terminou os seus estudos, Escher decide viajar, conhecer o mundo! Passou por Espanha, Itália e fixou-se em Roma, onde se dedicou ao trabalho Gráfico. Mais tarde, por razões políticas mudou-se para a Suíça, posteriormente para a Bélgica e em 1941 regressou ao seu país natal.

Estas passagens por diferentes países, por diferentes culturas, inspiraram a mente de Escher, nomeadamente a passagem por Alhambra, em Granada, onde conheceu os azulejos mouros. Este contacto com a arte árabe está na base do interesse e da paixão de Escher pela divisão regular do plano em figuras geométricas que se transfiguram, se repetem e reflectem, pelas pavimentações. Porém, no preenchimento de superfícies, Escher substituía as figuras abstracto-geométricas, usadas pelos árabes, por figuras concretas, perceptíveis e existentes na natureza, como pássaros, peixes, pessoas, répteis, etc.

Escher, sem conhecimento matemático prévio mas através do estudo sistemático e da experimentação, descobriu todos os diferentes grupos de combinações isométricas que deixam um determinado ornamento invariante. A reflexão é brilhantemente utilizada na xilografia.

Essa é a história do grande escher, se vocês procurarem no google, ou no youtube vão encontrar vários desenhos e pequenos filmes como esse aqui de baixo. É uma grande mistura do real com o imaginário...


video

fonte do texto: blog do prof wladimir

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Fernandinho da US Top

A Talent criou, em 1984, um dos comerciais que entraram para a história da propaganda brasileira: “Fernandinho”, para o US Top. Até hoje, é capaz de você encontrar alguém falando o famoso bordão “bonita camisa, Fernandinho”.


video

Criar personalidade para as camisas US Top, mostrando que a marca transcendia aos conhecidos jeans. Esta foi a missão passada pela Alpargatas para a Talent, em 1984.

Na agência, a dupla Ruy Lindenberg e Marco Túlio Fagim desenvolveu um personagem de forte empatia com o homem comum, sem atributo físico ou intelectual excepcional, mas que sabia escolher adequadamente suas roupas e, assim, conquistava reconhecimento social superior. O slogan resumia a idéia: “O mundo trata melhor quem se veste bem”.

Para levar tal enredo ao vídeo, o protagonista Fernandinho foi encarnado pelo ator Damy Roland, integrante da banda de rock Metrô, que fez sucesso nacional na década de 80. O chefe que elogiava a elegância do subordinado (“Bonita camisa, Fernandinho!”) era interpretado pelo ator e diretor italiano, radicado no Brasil, Nello de Rossi (que atualmente comanda uma cantina, que leva seu nome, no bairro paulistano de Pinheiros). A magia se completou com a tarimba de Dorian Taterka, que dirigiu o antológico primeiro filme, que deu origem a uma série de outros sete, sempre com o mesmo approach vitorioso.


fonte: http://blogcitario.hitechlive.com.br/

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

M&M’s e suas lendas urbanas!


Os chocolates M&M’s, ao longo dos anos, ganharam uma série de manias criadas pelos próprios consumidores. Pequenas lendas urbanas, que dizem que se o último M&M do pacote for um vermelho você deve fazer um pedido antes de comê-lo, se for um laranja terá boa sorte, se for um marrom terá má sorte, entre outras.
A Mars Snackfood (subsidiária da Masterfoods), fabricante dos M&M’s, sempre se adiantou em dizer que esses “rumores” foram todos criados por estudantes americanos na década de 1970, que rapidamente se espalharam.
O M&M verde também tem sua própria lenda urbana. Segundo dizem por aí, ele teria propriedades afrodisíacas. A própria Mars Snackfood brincou com isso em 1997, com um comercial que perguntava: “What is it about The Green Ones?”. Foi nesse mesmo ano que lançaram a primeira personagem feminina de suas campanhas, representando justamente o M&M verde.
No ínicio dos anos 1990 uma empresa chamada Cool Chocolates Inc. se aproveitou da lenda e lançou um chocolate idêntico aos M&M’s, mas que vinha somente na cor verde. Chamava-se “The Green Ones”. Imitava o formato, embalagem e personagens de M&M’s. Obviamente, não demorou muito para ser processada.
Outra curiosidade em torno dos verdes, é que em 1976 nos Estados Unidos, quando a FDA baniu o uso do corante “red dye #9″, a Mars Snackfood teve que retirar temporariamente os M&M’s vermelhos do mercado. Isso fez com que logo concluíssem que o poder afrodisíaco não estava nos verdes, já que os funcionários da fábrica de M&Ms estavam “embolsando” os vermelhos diretamente na linha de produção.
Agora, em 2008, a Mars Snackfood aproveita mais uma vez a lenda urbana em torno dos M&M’s verdes e anunciou o lançamento de uma edição limitada apenas com a cor, em comemoração ao Valentines Day, o dia dos namorados americano.
Quando uma marca ouve seus consumidores, e entra numa brincadeira como essa, só tem a ganhar. Cria proximidade e ajuda a manter a aura cool que os M&M’s já carregam há um bom tempo.

"Aqui a natureza é a estrela"

Com esse título a Hortifruti está sendo veiculada no Rio de Janeiro desde do ano passado, mas já se espalhou na internet em todo Brasil devido às excelentes paródias com títulos de filmes. A criação é da agência MP PUBLICIDADE.

Segue algumas que eu encontrei...








Comercial Havaianas com Lázaro Ramos


video


Muito simples e criativo... típico dos comerciais das havaianas! Adorei !!!

Novo comercial das sandálias Havaianas, criado pela AlmapBBDO e estrelado por Lázaro Ramos.
Informações sobre este comercial em:
http://www.vitrinepublicitaria.net/noticiasdomercado2.asp?menucodigo=2057

Lixo Tecnológico




As pessoas normalmente confundem inclusão digital, acesso à tecnologia, com barateamento de computadores
e equipamentos tecnológicos em geral. Hoje é muito fácil comprar um celular, baratinho, parcelado e pré-pago (os que mais dão lucro às operadoras). Um computador já não é tão acessível, mas ainda assim é muito barato se comparado aos micros de 2 anos atrás. Com mil reais, ou melhor, com parcelinhas de 50 reais que cabem no seu bolso, leva-se um desktop de modesto poder de fogo, mas suficiente para iniciantes.

O grande problema dessa enxurrada de computadores e outros equipamentos baratinhos no mercado é a qualidade, que nem sempre está tão acessível. Quanto mais baratos os computadores, menos confiáveis são os componentes ou menos recursos essas máquinas oferecem (ou ambas as coisas). E como entramos na cultura do descartável, sai muito mais barato comprar um novo mouse, uma nova placa de som, de vídeo ou modem (as mais baratinhas), quando eles pifam.

E para onde vai esse lixo? Se nem mesmo o tradicional lixo reciclável já conhecido (papel, plástico, vidro e metal) é corretamente separado e recolhido, que diriam das pilhas, lâmpadas fluorescentes e monitores de computador? Quem cuida desse lixo?

Se você não tem essas respostas, aqui vão algumas sugestões ...

Venda o que ainda estiver em boas condições

Pode ser que você olhe para um monitor de 15 polegadas e veja um lixo, mas tem gente que ainda precisa disso e pode pagar alguns trocados pelo seu usado. Uso próprio, pontos de acesso a Internet cooperativos, pontos de venda, quiosques diversos, são vários os destinos que seu equipamento pode ter e ser útil para alguém. Anuncie em sites de leilão. É a forma mais fácil de conseguir uns cobres.

Doe para alguém que faça bom proveito

Mesmo sem funcionar, seu computador antigo e jogado num canto pode ser útil para outras pessoas. Às vezes é um conserto tão ridículo, mas que você não tem interesse em fazê-lo e isso vai acumulando poeira e ocupando espaço útil embaixo de sua mesa de trabalho. Doe!

Faça arte ou deixe alguém fazer

Tem coisa que não tem conserto e muitas vezes é muito caro reciclar. Um pente de memória queimado, por exemplo, tem pouco metal a ser reaproveitado, sua recuperação é quase impossível mas seus componentes são poluentes. Que tal transformá-lo num chaveiro hi-tech? Além de bonito e "estiloso", você ainda pode fazer um dinheirinho, se tiver outras coisas e jeito para artesanato.

Essas poucas ações podem não aparentar tanta importância num primeiro momento, mas representam muito para quem se beneficia delas - principalmente o meio ambiente. ;-)

fonte:http://yahoo.com.br

sábado, 6 de setembro de 2008

Novas tecnologias: como usar

Usuários expõem intimidade e reclamam de invasão de privacidade

Publicado em 28/04/2006 - 00:01



É verdade que não há nada mais libertador do que um espaço onde você pode divulgar o que quer, expressar tudo o que pensa, sente, compartilhar suas ideologias e crenças publicamente - sem precisar ter a grana da Rede Globo para tal. Também não há sentimento mais reconfortante do que o de poder conectar pessoas de todo o planeta, conversar com elas em tempo real, a qualquer momento. É maravilhosa a possibilidade de acessar informações vindas de todos os cantos do mundo, visitar bibliotecas, museus, sem sair de casa.

E o prazer de pode encontrar qualquer pessoa e ser encontrado em qualquer canto, a qualquer hora, sem precisar ficar plantado em casa esperando uma ligação? Mais: saber quem está chamando antes mesmo de atender o telefone - seja pelo toque personalizado, pelo bina ou até pela foto da pessoa no visor do aparelho?

Sem dúvida, a Internet é o veículo mais democrático que já existiu. E as novas tecnologias de comunicação, como celulares, vêm nos proporcionando uma sensação de segurança e controle jamais vistos antes. Além da sensação de nunca estarmos sós. Mas, sabe aquela história de que "a minha liberdade acaba quando começa a do outro"? Parece que as pessoas estão tendo dificuldade em lidar com isso, perdidas diante de tamanha liberdade.

Peraí, liberdade? E o tal controle? Até que ponto estamos controlando ou sendo controlados? Afinal, a popularização de filmadoras, celulares com câmeras, máquinas fotográficas digitais, entre outras tecnologias, blogs e sites de relacionamento faz de cada pessoa uma potencial ameaça à privacidade dos outros. Enfim, o que a Internet e as novas tecnologias de comunicação têm feito de nós?

"A Internet não cria nada, é apenas um espelho da sociedade, só mostra o que já existe", explica Erick Itakura, psicólogo e pesquisador do NPPI (Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática) da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo). Segundo ele, não é à toa que 70% dos 17 milhões dos usuários do Orkut são brasileiros. O fato reflete uma característica cultural. "O brasileiro gosta de se mostrar, 'aparecer', de ser 'social'. Já os norte-americanos e europeus privilegiam mais a privacidade", explica, o que mostra que a Internet não está modificando nossa noção de privacidade, apenas reproduzindo qual é a nossa real concepção sobre privacidade e até que ponto a valorizamos.

Segundo ele, a Internet em si não transforma ninguém em um voyuer, narcisista, exibicionista ou pedófilo. Tampouco o Orkut é culpado por agirmos como crianças de quinta-série competindo com os amigos para ver quem é mais sexy e popular. A rede só abre espaço para as pessoas que já são assim se mostrarem. "Todo ser humano tem certas características. As pessoas encontraram na Internet o lugar onde pode expressar essas necessidades", diz.

Dicas
"O Orkut é um 'Big Brother' virtual. Tem que saber se apresentar ali dentro", recomenda André Teles, autor do Livro do Orkut, onde dá dicas de marketing para que as pessoas tirem melhor proveito da ferramenta. Segundo Teles, as pessoas estão usando o orkut sem a consciência da falta de privacidade. É preciso ter muita cautela até por questões profissionais, já que os departamentos de Recursos Humanos das empresas estão usando o site de relacionamento para conhecer melhor o perfil das pessoas.

"É preciso ter consciência que o Orkut é uma espécie de homepage sua", alerta. E explica: "não que você tenha que passar a imagem do que você não é. Mas tem que se expor de forma que possa trazer benefícios para você".

Ele dá as dicas:

  • Fuja de comunidades do tipo "Odeio acordar cedo" e "Odeio o meu chefe";
  • Bloqueie o visualizador de perfil;
  • Se quer privacidade, não use os scraps (recados) do Orkut para procurar relacionamentos. Existem outras maneiras de fazer isso, como por e-mail;
  • Não divulgue seus telefones e msn.
fonte:http://yahoo.com.br

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Volte no tempo da Internet

O tempo na Internet passa de uma maneira muito rápida. Novas informações, novas tecnologias, novos sites, e cada vez mais leitores exigentes e com menos tempo. Acredito q todos os sites HOJE, não são iguais como no primeiro dia que foi ao ar. Às vezes a gente nem se lembra mais de como eram determinados sites há algum tempo.

Felizmente, existem pessoas que se preocupam em catalogar os sites e organizá-los cronologicamente, deixando disponíveis aos pesquisadores ou curiosos de plantão. Bateu uma saudade? Visite o Internet Archive Way Back Machine :)

Para usar o serviço, basta acessar o site do Web Archive e digitar o endereço do site desejado no campo disponível e clicar em Take Me Back (me leve de volta). A partir daí, escolha uma data que esteja catalogada e clique nela, para visualizar o site daquela época. Datas marcadas com "*" simbolizam mudanças de layout

Alguns sites podem apresentar imagens quebradas (ausentes), porque não existem mais ou mudaram de endereço. Isso é normal, estraga um pouco da experiência, mas a viagem ainda vale ;-).

Maionese derramada inspira display para ponto de venda



A Az4 Group, especializada na produção de displays publicitários e merchandising de varejo, é a responsável pelo material para ponto de venda da Hellman's Deleite, maionese à base de leite lançada recentemente pela marca.

Com 1,80m de altura, o display foi criado para ser exposto em supermercados e simula um derramamento do produto a partir do topo. A maionese "derramada" forma a estrutura da peça, que acolhe 60 frascos do produto. As formas curvilíneas dão aspecto moderno ao modelos.

fonte: www.meioemensagem.com.br/

terça-feira, 2 de setembro de 2008

CONFIRA SE A INTERNET 3G FOI FEITA PARA VOCÊ

Prós e contras!!

- Sem qualquer opção de serviços de banda larga na rua, no bairro ou na cidade onde o ‘desconectado’ vive, a internet 3G é a alternativa para ter uma internet rápida

- Caso a região não tenha cobertura 3G, também é possível optar pelo modem. A velocidade será menor, mas é melhor do que a discada

- Pessoa que precisa de mobilidade total. Não pára em casa durante o dia, mora sozinho e utiliza o notebook para se conectar à web em qualquer lugar

- O 3G servirá para se conectar durante o dia no trabalho, por exemplo, e à noite, em casa. O único problema é que a qualidade do sinal 3G varia em cada bairro

- É o que acontece na maioria dos casos. As pessoas em casa, sejam familiares ou amigos que moram juntos, precisam de uma banda larga fixa porque cada um tem sua rotina na web. Se algum dos membros precisa da internet 3G para se conectar em qualquer lugar, o ideal é não cancelar o plano de banda larga fixa

- O problema desse tipo de situação é o gasto extra. A família pagará duas mensalidades para que todos tenham acesso à internet

- Já assina uma banda larga com mais de 3 megabits por segundo (Mbps) de velocidade e precisa de uma conexão bastante veloz e estável para, por exemplo, fazer download e uploads de arquivos pesadíssimos, como filmes, em pouco tempo

- Nesse caso o 3G só trará frustração. A conexão raramente passa dos 1 Mbps. Além disso, nos testes do Link, em certos momentos os modems se desconectavam quando ligados ininterruptamente por muitas horas

- Tem um plano casado que inclui, por uma mensalidade única, internet rápida e algum outro serviço, como telefonia fixa e televisão por assinatura

- O problema aqui é estritamente financeiro. Os planos 3G de 1 Mbps custam R$ 99,90. Por um valor próximo a esse, é possível ter internet banda larga em casa e mais um dos outros serviços: telefone ou TV a cabo. Não faz sentido pagar mais para ter uma internet mais lenta e ainda ter de assinar separadamente a TV

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

TV Digital: Agora é pra valer

Andrea Kelly

No próximo dia 02 de dezembro a televisão brasileira entra na era da TV Digital. O lançamento será na Grande São Paulo e a previsão é que até 2013 esteja em funcionamento em todo o Brasil. Assim como na década de 70, onde as emissoras e a sociedade se reinventaram com as imagens coloridas, o sistema digital promete, já no primeiro momento, revolucionar a forma de ver e fazer televisão.

A primeira e mais importante mudança será a qualidade da imagem recebida. No sistema digital não existirão mais interferências ou imperfeições, pois a digitalização da imagem e do som transformará estes elementos em códigos binários (a mesma linguagem do computador) e permitirá que os sinais sejam transmitidos pelo ar, diretamente da torre para o receptor do telespectador.


O sistema digital também possibilitará aos usuários, num futuro próximo, a interatividade - participação em tempo real com os programas, a portabilidade e a mobilidade, ou seja, os conteúdos das emissoras chegarão em celular ou em notebooks, ou ainda em aparelhos de TVs especiais que poderão ser instalados nos ônibus, carros etc.

Para garantir a manutenção do padrão de qualidade dos programas e novelas, já que todos os detalhes serão visíveis, a TV Globo treina, há dois anos, seus profissionais dos departamentos de caracterização, de cenografia, de engenharia e de figurino. “O desafio agora é utilizarmos as técnicas aprendidas nos últimos anos para que o no nosso elenco continue lindo no vídeo”, constata Vavá Torres, supervisor de caracterização da TV Globo.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Garota que "cantou" nos Jogos foi dublada por cantora mirim

Por Chris Buckley

PEQUIM (Reuters) - A garota que ficou famosa ao cantar na cerimônia de abertura da Olimpíada de Pequim foi apenas um rosto fotogênico escolhido para ser dublada pela cantora de verdade, que acabou rejeitada por sua aparência, informou a imprensa chinesa nesta terça-feira.

Lin Miaoke, de 9 anos, foi celebrada por toda a China como a voz angelical e rosto bonito que cantou "Ode à Pátria" na espetacular cerimônia de abertura na sexta-feira.

Mas um diretor da cerimônia de abertura, Chen Qigang, afirmou à TV estatal que a voz de Lin foi substituída pela voz de outra cantora mirim, a garota Yang Peiyi, disse o serviço estatal de notícias da China.

"Yang Peiyi não foi selecionada (para aparecer na cerimônia) por causa de sua aparência. Foi por interesse nacional", disse Chen.

A China não tem medido esforços ou gastos para garantir a Olimpíada perfeita.

Uma autoridade revelou na quarta-feira (horário local) que algumas das cenas de fogos de artifício transmitidas na hora da cerimônia foram pré-gravadas.

Entre as imagens gravadas anteriormente estavam as impressionantes cenas de "pegadas" formadas por fogos de artifício, disse o vice-presidente dos Jogos, Wang Wei, a jornalistas.

As pegadas passaram pela cidade até chegarem ao estádio Ninho de Pássaro, onde o espetáculo de quatro horas aconteceu.

Mas fazer uma criança passar por outra foi longe demais, disseram alguns chineses em comentários postados na Internet.

"Por que se preocupar tanto com as aparências? Todas as crianças de sete anos são anjos", disse uma pessoa.

(Reportagem adicional de Karolos Grohmann)



PALMAS E MAIS PALMAS PARA A IRONIA DE UM PAÍS QUE NUNCA VI NINGUÉM BONITO!

sábado, 9 de agosto de 2008

Busdoor reflexivo entra no trânsito do Rio

Mais uma novidade chega à mídia de ônibus. A empresa de publicidade em ônibus Itabus colocou em circulação um busdoor (traseirão) com adesivo reflexivo, que permite à imagem do sanduíche brilhar no escuro quando atingida pelo farol de outro carro. A peça vai ficar circulando durante um mês em 10 ônibus do Niterói e Rio de Janeiro, com layout criado pela agência NBS.

(Marcio Ehrlich - 29/07/2008)



Inscrições abertas no concurso público da BR Distribuidora; há vagas para Comunicação e Publicidade


A Petrobras Distribuidora realizará processo seletivo para formação de cadastro de reserva de profissionais de nível médio e superior.

O prazo para inscrições será de 6 a 31 de agosto. As provas estão previstas para acontecer em 28 de setembro e a divulgação do resultado final deverá ocorrer no dia 18 de novembro.

A inscrição deverá ser efetuada somente via Internet, no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br ). Para os cargos de Nível Médio a taxa de inscrição custa R$ 26,80 (vinte e seis reais e oitenta centavos). Para os cargos de Nível Superior R$ 39,80 (trinta e nove reais e oitenta centavos).

Nível superior – Serão selecionados profissionais de Administração, Análise de Sistemas, Arquitetura, Ciências Contábeis, Comunicação (Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas), Direito, Economia, Engenharia (Agronômica, Ambiental, Civil, de Produção, Elétrica, Eletrônica, em Segurança no Trabalho, Mecânica e Química), Medicina, Pedagogia, Química, Serviço Social e Odontologia. Para estes cargos de nível superior a remuneração é de R$ 4.798,00.

Nível médio – Para nível médio, a carreira será de Técnico de Administração e Controle Jr., com remuneração de R$ 1.675,00. Para nível médio com formação técnica, as carreiras são: Técnico de Contabilidade Jr., com remuneração de R$ 1.675,00; Técnico de Operação Jr., Química Jr., Segurança Jr., Manutenção Jr., Suprimento e Logística Jr., Inspeção de Equipamentos e Instalações Jr. e de Abastecimento, com salário de R$ 2.019,00.

O concurso terá validade de seis meses, prorrogáveis por igual período. As admissões deverão começar em fevereiro de 2009.

Para saber todas as informações, leia o edital e faça sua inscrição no site da Fundação Cesgranrio: www.cesgranrio.org.br

Fonte: Site da BR Distribuidora

Merchandising na TV ameaçado

por Caio Costa (publicitário. Escreve diariamente em seu Blogcitário: www.blogcitario.com)

O Ministério Público está querendo intervir no merchandising que é praticado na tv, principalmente nas novelas.

Saiu na Folha de São Paulo que o procurador da República Fernando de Almeida Martins disse que o merchandising social inserido de forma sutil nos programas ou nas cenas de novelas é ilegal. Ele se baseou no artigo 36 do Código de Defesa do Consumidor, que determina a identificação imediata por parte do consumidor do que seja publicidade.

Quando falamos em merchandising televisivo, na maioria das vezes pensamos naquelas cenas constrangedoras em novelas onde os atores falam de forma totalmente forçada sobre as qualidades do produto x. O cliente deve até ficar satisfeito em ver um global falando sobre o seu produto, mas ele esquece que o “filho” da empresa é um intruso, encarado como um mal necessário para encher mais os cofres da emissora.

Mas nem todo merchandising praticado em novelas é tão chato e irrelevante. Existe o merchandising social, que levanta a bandeira de causas nobres, como Manoel Carlos e Glória Perez fizeram em algumas das suas novelas. Um das novelas, por exemplo, fez campanhas para encontrar pessoas desaparecidas.

Portanto, eu acredito que o joio do merchandising televisivo deve ser combatido, para o bem dos autores, que não serão mais obrigados a escrever cenas que não tem nada a ver com a trama e também para as marcas, que deixarão de ser encaradas como intrusas no programa favorito dos telespectadores.




O Perigo do Briefing mal-feito!

Lembra da brincadeira do telefone sem fio? Você dizia uma coisa no ouvido da pessoa e essa pessoa tinha que passar a mensagem adiante. No final da fila, a última pessoa tinha que falar exatamente o que a primeira disse. Geralmente era uma coisa totalmente diferente.
É mais ou menos o que acontece com um briefing incompleto elaborado pelo atendimento da agência. Mas existe também o outro lado da moeda: os briefings mal passados com excesso de informação. É claro que quanto mais sabemos sobre o cliente, melhor. Mas, para mostrar serviço, o seu colega do atendimento faz páginas e mais páginas sobre toda a história da empresa e esquece de focar no que interessa: o que deve ser dito nas peças a serem criadas e produzidas. Ou seja, quem for elaborar o briefing, deve buscar o meio termo, deixar claro quais são os objetivos da campanha, as suas restrições, para qual público ele se destina e outras informações que julgar serem pertinentes.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Comerciais que ganharam prêmios! LINKS!!

Tava fuçando alguns comerciais que ganharam prêmios... Mas pra lançar aqui no blog eu tenho que tê-lo em meu computador... Por isso vou mandando os links!!
Comerciais muito bem bolados...

*Esse realmente eu não esperava como fosse terminar...adorei*
http://www.youtube.com/watch?v=2y25-d2SJiM&feature=related

*Esse foi considerado o melhor comercial da Coca-cola...e particularmente eu também achei! =)*
http://www.youtube.com/watch?v=5bQKu4_3Gbg&feature=related

*Esse é um dos melhores comerciais que já vi... 1º prêmio cannes *
http://www.youtube.com/watch?v=iLjetX2FTJA

*Se o mundo tivesse 100 pessoas LEGENDADO (premio Cannes)*
http://www.youtube.com/watch?v=pYgfD8t9Y4I&feature=related

Espero que gostem... entrando nesses links vocês podem acessar outros comerciais maneiros também!!

domingo, 3 de agosto de 2008

Canal apelativo baixo e sujo!

Ultimamente eu tenho andando muito irritada com o que vejo por aí... mas eu n estou na TPM! Simplesmente tô chegando a conclusão de que a maioria do ser humano não sabe o q faz!
Quando eu era pequena, eu era uma pessoa totalmente infeliz nos fins de semana em que eu ficava em casa! E EU NÃO SABIA!! Era enfeitiçada como todos os brasileiros "sem cultura" q ligam a televisão no programa do GuGu ou no Faustão! DOMINGO... um dia tão tranquilo, gostoso de ficar em casa, aprovetar a família e como toda família brasileira faz Ligar a televisão e presenciar baboseiras! Engraçado.... logo HOJE que é o dia em que todos estão em casa reunidos, podendo passar algo mais cultural, ou até mesmo jornalístico com um pouco de entretenimento e música, para todas as idades, de diferentes classes, simplesmente algo gostoso de se assistir!!!! Para ter talveza algum aprendizado! Mas isso seria um SONHO! Loooooooooooooooooooooonge de acontecer, pq desde q eu me entendo de gente existe gugu e faustão com suas mesmas piadas sem graça, mesmos comentários desnecessários e claro INFORMAÇÃO ZERO!!! Admito que já parei pra assistir a tal dança dos famosos que cá entre nós é muito bonito ver toda a evolução das pessoas na dança!
Mas enfim... graças a deus surgiu a tv por assinatura! MARAVILHA! Poder ver filmessss ao invés de ver a "banheira do gugu"... filmes de diversos gostos! Aprendi a gostar de filmes antigos, filmes que meu pai sentava do meu lado e falava q já tinha visto há anos atrás!
Quando eu estava começando minha faculdade(lembrando que eu faço publicidade e que não nego as minhas origens) as primeiras aulas sempre eram algo do tipo... "A tv é apelativa? Manipula?"
Pra vendermos um produto não precisamos manipular nem apelar ok? mas claro que existem propagandas apelativas como a maioria de cervejas que foca mulheres semi-nuas(apesar das leis terem mudado)!! A parte jornalística de praticamente todos os canais, eu considero de ótima qualidade! Mas então por que "ORA BOLAS" temos que aturar uma mulher que vai na televisão pra mostrar que colocou 6 kg em cada seio, pedindo ao apresentador que pegue no seio dela, e falando de como sua vida é com akeles ENORMES PEITOS , (q cá entre nós...deve dar uma dor na coluna) EM PLENA 17 HS DA TARDE!
É... me recuso a assistir televisão domingo! E infelizmente tenho que aturar os olhos do meu irmão brilhando com akeles monstros de silicone!

sábado, 2 de agosto de 2008

Guillermo Vargas Habacuc ARTISTA??? Que mundo nós vivemos????

PUTA QUE PARIOOOOOO... é isso q às vezes da vontade de gritar. QUE POHHA DE MUNDO EH ESSE QUE AGENTE VIVE... gente fria, gente egoísta que só pensa em si próprio! É uma vergonha... O motivo dessa indignação toda???

ISSO...


O 'Artista' que matou um cão à fome vai repetir o ato! Como muitos devem saber e até ter protestado, em 2007, Guillermo Vargas Habacuc, um suposto artista, colheu um cão abandonado de rua, atou-o a uma corda curtíssima na parede de uma galeria de arte e ali o deixou, a morrer lentamente de fome e sede. Durante vários dias, tanto o autor de semelhante crueldade, como os visitantes da galeria de arte presenciaram impassíveis à agonia do pobre animal. Até que finalmente morreu de inanição, seguramente depois de ter passado por um doloroso, absurdo e incompreensível calvário. Pois isso não é tudo: a prestigiosa Bienal Centroamericana de Arte decidiu, incompreensivelmente, que a selvajeria que acabava de ser cometida por tal sujeito era arte, e deste modo tão incompreensível Guillermo Vargas Habacuc foi convidado a repetir a sua cruel ação na dita Bienal em 2008. Podemos tentar impedir, colaborando com a assinatura nesta petição: http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html






Eu me pergunto se essas assinaturas realmente vão fazer alguma diferença... mas é o mínimo q eu posso fazer morando tão longe! É uma vergonha.... falta palavras pra dizer a minha indignação! Ng ta em aí pro planeta, pra quem vive nele, ELE É UM MONSTRO, e Na minha opinião deveriam fazer a msm coisa com ele!!!

Aonde q isso eh arte? Eu axo q ta todo mundo contaminado com a doença desse cara, pq eh uma frieza, e uma naturalidade tão grande das pessoas visto pelas fotos!!! ENFIM....o mínimo q podemos fazer eh repassar isso!!! Como havia lido num blog de uma outra pessoa indignada como eu...

Nota do webmaster: Onde ficam os direitos dos animais? Na lata do Lixo? No Brasil é assim… se fosse para votar no BBB isso já teria sido resolvido.



sábado, 19 de julho de 2008

JAIRO PRESIDENTE DO BRASIL


Este é mais um caso de sucesso da agência a-tribo2p comunicação. Trabalhando ao lado de artistas circenses e músicos, uma crítica a situação política atual acabou gerando publicidade gratuita devido ao seu grande poder de persuasão junto ao público nos lugares por onde Jairo passou. Pois, o que começou com cartazes e santinhos, acabou chegando reportagens na revista Domingo do JB, no canal CNT , no YouTube e na MTV.

Assista os vídeos do Jairo Presidente do Brasil:
http://br.youtube.com/user/presidentedobrasil








sábado, 5 de julho de 2008

Algumas propagandas BEM INTERESSANTES ...



Cliente: Open Tur (Agência de Viagens)
Peça: Anúncio Jornal
Título: Minhas Férias
Texto: “Precisando de inspiração?”
Criação: Ângelo Brambilla Martorell
Redação: Ângelo Brambilla Martorell
Arte: Albino J. Camargo

Produzida pela Propague
Com o texto: "29 de Agosto, dia mundial de combate ao fumo."


Título: Use

Texto:
Se você está lendo esse texto,
significa que o objetivo do anúncio
de aumentar o uso da camisinha foi
alcançado.

----
Ficha técnica Direção de criação: Keko Honorato Direção de arte: Junior Valler / Humberto Paloni Anunciante: MTV


Essa é muuuuuuuuito legal!! Simples e genial!!
Anúncio do Greenpeace
Título: "Recicle Papel"
Não sei a agência...
Título: Use
Campanha vencedora do Midia Fest
Agencia: MOAI


SUPERCOR
Campanha Institucional
Em destaque, anúncio de página inteira veiculadas na Revista Abigraf.
Agência: Scalla

Bom Bril é Booooom, né?


A W/Brasil aproveita a comemoração dos 100 anos da imigração japonesa no Brasil e cria um anúncio de oportunidade para a Bombril.

Em homenagem a aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, a maior colônia japonesa fora do Japão, Carlos Moreno desta vez aparece como uma gueixa.

O anúncio sera veiculado nas principais revistas semanais do país, como Caras, Quem, Contigo, a partir de hoje.

A direção de criação é de Rui Branquinho, com criação de Guime Davidson e Fabio Saboya. Produção Gráfica de Julio Coralli e fotografia de Rafael Define. Atendimento de Sheila Farah e Jorge Maio. Aprovação no cliente de Ronaldo Sampaio Ferreira e Silvia Toma.

segunda-feira, 24 de março de 2008

"Comunicar e Crescer" (ABAP)

A ABAP criou o Projeto Permanente “Comunicar & Crescer”, destinado aos pequenos e médios empresários, para orientá-los sobre como a propaganda pode ajudar no desenvolvimento dos seus negócios. O Projeto que tem o apoio das Associações Comerciais de todo o Brasil, dos SEBRAES Estaduais e de todas as entidades da indústria da comunicação. “Comunicar & Crescer”, em 2004/2005, distribuiu 16.000 cartilhas nas versões impressa e eletrônica, promoveu seminários nas 35 principais cidades brasileiras e foi assistido por mais de 11.000 empresários. A versão 2006-2007 lançou uma nova cartilha (" Atitude e Marketing Para a Construção da Marca da Pequena Empresa"), ampliou para 47 cidades o ciclo de seminários e prevê um crescimento muito expressivo do número de participantes e de distribuição de cartilhas. Em Setembro, quando do encerramento dessa versão, os downloads da cartilha eletrônica já superavam os 55 mil acessos. O "Comunicar e Crescer" (3) - 2007/2008, vai cobrir as 50 cidades mais importantes do Brasil.

Mais informações no site http://webserver.4me.com.br/wwwroot/abap/

CONAR

CONAR – Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária

O que é o Conar?
O Conar é uma ONG, fundada e mantida pela propaganda brasileira, ou seja, pelas agências de publicidade, por empresas anunciantes e veículos de comunicação.

O que faz o Conar?

O Conar é a instituição que fiscaliza a ética da propaganda comercial veiculada no Brasil, norteando-se pelas disposições contidas no Código Brasileiro de Auto-Regulamentação Publicitária.

O que é o Código de Auto-Regulamentação Publicitária?
É o documento que, através de 50 artigos e 19 Anexos, disciplina as normas éticas a serem obedecidas pelos Anunciantes e Agências de Publicidade na elaboração de seus anúncios.

Como funciona o Conar?
1 - O anúncio foi veiculado. Se alguém (consumidor, concorrente, autoridade pública) sentir-se prejudicado ou ofendido por essa publicidade poderá apresentar queixa ao Conar. Falhas poderão também ser detectadas pelo serviço de monitoria do Conar. Essas hipóteses darão início a um processo que determinará o exame do anúncio pelo Conselho de Ética, composto por representantes das agências de publicidade, dos anunciantes, dos veículos e dos consumidores.
O resultado final, a recomendação do Conselho, poderá determinar a alteração do anúncio ou impedir que ele venha a ser veiculado novamente. A decisão poderá, ainda, propor a Advertência do Anunciante e ou sua Agência e, excepcionalmente, a Divulgação Pública da reprovação do Conar.
Se resultar que o anúncio não fere qualquer dispositivo do Código Brasileiro de Auto-Regulamentação Publicitária, a denúncia será arquivada.
2 - O processo. Quando o anúncio for denunciado pelo Conar, o anunciante e a agência terão prazo formal para defenderem-se ou oferecerem esclarecimentos. Essa defesa será anexada ao processo e um membro do Conselho de Ética, designado como relator, estudará o caso e emitirá sua opinião. Em sessão de julgamento da respectiva Câmara, o assunto será debatido e levado a votos. Dessa decisão, sempre cabe recurso.
3 - As decisões do Conar são rigorosamente respeitadas pelos veículos de comunicação, que não voltarão a veicular o anúncio reprovado.


Quem participa do Conar?
O Conar é composto pelo CONSELHO SUPERIOR, cujos integrantes são indicados, a cada dois anos, por suas entidades fundadoras: Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP), Associação Brasileira de Anunciantes (ABA), Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), Associação Nacional dos Editores de Revistas (ANER), Associação Nacional de Jornais (ANJ), Central de Outdoor.
Esse Conselho elegerá, dentre seus pares, a DIREÇÃO EXECUTIVA do Conar: um Presidente, três Vice-Presidentes. Compõem ainda a diretoria um Diretor de Assuntos Legais, dois Diretores e um Diretor Executivo.
O CONSELHO DE ÉTICA do Conar é integrado por profissionais da área publicitária e representante de consumidores, que constituirão seis Câmaras, localizadas três em São Paulo, uma no Rio de Janeiro, uma em Brasília e uma em Porto Alegre. Essas Câmaras é que decidem os anúncios denunciados ao Conar.






terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

O que é Marketing de Guerrilha?

O marketing de guerrilha vem sendo cada vez mais utilizado pelas empresas, seja ela pequena, média ou grande. Os resultados são, muitas vezes, melhores do que o marketing convencional, e o preço muito menor.

O objetivo do marketing de guerrilha é não ter que comprar mídia e, ainda assim, conseguir chamar atenção, gerando propagando boca-a-boca e mídia instantânea.

Para isso, é preciso surpreender as pessoas, fazer com que elas arregalem os olhos, fiquem de queixo caído e aí sim saiam por aí dizendo para seus amigos “olha que legal isso“. E quanto mais criativa for a campanha melhor.

Existem diversos tipos de marketing de guerrilha. Os mais famosos são:

  • Marketing Viral: quando a pessoa sente vontade de passar adiante, para seus amigos e conhecidos.
  • Marketing de Emboscada: se aproveitar de um evento onde se encontra seu público para fazer campanhas ao redor do evento, sem ter que patrocinar o mesmo. Por exemplo, com camisetas criativas da empresa.
  • PR Stunt: uma ação de grande impacto para atrair a atenção da imprensa e gerar mídia gratuita. Por exemplo, o lançamento do iPhone ou a quebra de um recorde organizado pela empresa.

Embora campanhas de marketing de guerrilha custem bem menos que o marketing convencional, ainda assim é preciso saber o que se está fazendo e contratar empresas especializadas para isso. Pois qualquer deslize pode inverter o resultado da campanha, fazendo com que a empresa seja criticada pelas pessoas (ainda mais na Era web2.0, onde qualquer pessoa pode atingir centenas de outras com suas críticas e opiniões).

Confira alguma fotos de campanhas de marketing de guerrilha que deram certo, e observe que qualquer uma poderia ser feita por pequenas empresas também









quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Publicidade no Mercado


"A propaganda é uma tática mercadológica, um instrumento de vendas. Pode parecer óbvio, mas essa é uma obviedade que precisa ser constantemente revista porque a atividade publicitária é tão complexa e rica em dimensões humanas e tecnológicas que freqüentemente os seus profissionais desviam-se do objetivo de mercado. A propaganda trabalha com arte, criatividade, raciocínio, moda, cultura, psicologia, tecnologia, enfim, um complicado composto de valores e manifestações da capacidade humana. Assim, é comum e natural que as pessoas que trabalham nos diferentes setores da propaganda se aprofundem e se apaixonem pelos meios que desenvolvem e tendam a perder a perspectiva do pragmático sucesso de vendas.
O resultado final de mercado, como também se sabe, não depende apenas da propaganda, mas de todo um conjunto de fatores que os profissionais de marketing decidem e controlam. Entre eles, a propaganda tem importante função específica: a persuasão do consumidor".

(Vera Aldrichi, do livro:Tudo que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência para explicar)


A Publicidade/Propaganda não é um evento isolado, mas sim, está subordinada a objetivos empresariais validados no plano de Marketing.


Função comercial da propaganda
Publicidade/Propaganda no contexto do mercado

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Evolução Histórica da Publicidade e Propaganda

Do reclame ao cyber-anúncio

Pensando na Propaganda como nós a conhecemos hoje, devemos refletir: como, quando e porque tudo começou? O que a fez se desenvolver a ponto de se transformar numa das mais cobiçadas atividades profissionais?
Vamos analisar o nascimento e desenvolvimento da Propaganda a partir de seu papel nas sociedades industriais. Dessa forma, podemos compreender que a Propaganda nasce para atender às novas demandas econômico-sociais surgidas a partir da Revolução Industrial (século XVIII).
O impacto da Revolução Industrial apagou para sempre os últimos traços (ainda visíveis) da era medieval, ao abandonarem seus métodos de produção vinculados à exploração da terra. A nova multidão que superpovoa a cidade industrial mostra-se ávida de novidades, notícias e mudanças para preencher o vazio que a própria Revolução Industrial acarretou.
Muitas invenções: os meios de transporte, o telégrafo, jornal, sistemas de reprodução, o microfone, o cinema, a televisão, enfim, inúmeras mudanças que, por sua vez, contribuíram para consolidar a sociedade do consumo.
Os veículos industriais de comunicação possibilitaram a solidificação da Propaganda como “mensagem industrial”.
Historicamente gerada (e só possível) pela Revolução Industrial, o fenômeno Propaganda é persuasão conseguida industrialmente, por iniciativa dos donos da indústria, dentro do quadro econômico, técnico e psicológico da sociedade industrial. Mas o que querem, preponderantemente, os donos da indústria? Vender - e este é o primeiro e óbvio objetivo e por que nasceu e se desenvolveu a propaganda comercial.
A seguir, um quadro-síntese com os principais eventos relacionados a cada época, para uma compreensão de como surgir e desenvolveu-se a atividade publicitária no cenário brasileiro.

PANORAMA HISTÓRICO
Evolução da Publicidade/Propaganda